Eu já fui um Seminarista no passado, e agora estou fora da faculdade, aquela que prepara um futuro Padre.

Sai porque queria desenhar e escrever, ou seja, por banalidades resolvi deixar o internato1.

Como uma casa comum, onde se dorme, reza, come e se vai à escola pública, assim foi minha rotina no seminário, claro com muita missa e oração.

Depois de 2 anos eu larguei tudo. Hoje estou muito indignado com meu reitor, que não me mostrou a verdadeira luta da Igreja, sai do seminário sem perceber o campo de batalha.

Eu só consigo imaginar que o responsável pelo seminário também não conhecia a luta da Igreja, pois se conhecesse e nos deixasse a par de tudo, hoje com certeza eu seria um padre, enfrentando o Comunismo, o Globalismo e qualquer ideologia, como o Gayzismo, Feminismo que vem quebrando as pernas da família, coisa que apenas contribui para a destruição das Nações através do enfraquecimento de suas bases, a Família.

1Escola onde os alunos têm alimentação e residência.